Mozambique

  • verdade.co.mz
  • 24 hours ago

A República Centro Africana (RCA) impôs respeito aos moçambicanos este sábado (24) mas acabaram por sucumbir ao melhor basquetebol de Helton Ubisse e companhia, por 52 a 59 pontos. Com a segunda vitória em igual número de jogos a nossa selecção destacou-se no grupo D de apuramento para Campeonato do Mundo de 2019 em seniores masculinos, beneficiando da derrota, por 67 a 60 pontos, do Senegal diante da Costa do Marfim. Moçambique voltou a entra bem para a quadra do pavilhão do Maxaquene colocando-se na dianteira do placar, mas os adversários mostraram ao que vinham fizeram a reviravolta assumindo a liderança. Com Helton a carregar a equipa David Canivete Jr. voltou a pôr a nossa selecção na frente mas E Ngoy empatou. E Ngoy abriu as hostilidades no início do 2º período e a sua equipa dilatou a vantagem para 7 pontos antes de Moçambique conseguir encestar pela primeira vez, tinham passado quase 4 minutos. Helton comandou a recuperação, Pio Matos Jr. empatou e Fernando Macaringue fez nova cambalhota. Mas a República Centro Africana mostrou a sua garra e com uma "bomba" saiu para o intervalo a vencer por 25 a 24 pontos. Inovando Inaki Garcia colocou no mesmo cinco Ismael Nurmamade e Pio Matos Jr., o "beirense" iniciou a reviravolta no 3º período. Mas a selecção da República Centro Africana voltou a impor-se e com maior precisão nos lançamentos de 3 pontos passou novamente para a liderança do marcador e entrou no derradeiro período com 1 ponto de vantagem. Ismael voltou a dar o tom para a nossa selecção voltar para frente do placar mas os adversários davam boa réplica, enfrentando até a hostilidade do público que quase lotou a catedral do basquetebol moçambicano. Público exigente que quando o seleccionador quis descansar o "beirense" exigiram o seu regresso a quadra. Ismael Nurmamade agradeceu desfazendo a igualdade e coa-adjuvando pelo "quelimanense", Pio, abriram uma vantagem de 6 pontos para Moçambique. A RCA tentou encetar nova recuperação mas Ismael e Pio garantiram a segunda vitória consecutiva da nossa selecção que lidera o grupo D. Moçambique tem 4 pontos, mais 1 do que a Costa do Marfim que mais cedo derrotou o Senegal e ambos somaram 3 pontos. A República Centro Africana tem apenas 2 pontos. Neste domingo, a partir das 17h30, a nossa selecção enfrenta o Senegal, teoricamente apontado como mais complicado adversário, e pode encerrar com mais uma vitória esta etapa da 1ª fase das eliminatórias africanas de qualificação para o Campeonato Mundial que vai decorrer em 2019 na China.

  • verdade.co.mz
  • 1 day ago

O Instituto Nacional de Meteorologia (INAM)prevê a ocorrência de chuvas fortes (mais de 50 milímetros em 24 horas), podendo ocorrer em regime muito forte (mais de 75 milímetros em 24 horas), acompanhadas de trovoadas e ventos com rajadas até 70 quilómetros por hora, a partir da noite de sábado (24) em quase toda região sul de Moçambique. De acordo com o INAM a chuva deverá incidir nos distritos de Marracuene, Manhiça, Moamba cidades de Maputo e Matola, Magude, Chicualacuala, Chigubo, Massangena, Mabalane, Massingir e cidade de Xai-Xai, Mabote, Funhalouro, Panda, Inharrime e Zavala. Entretanto para as províncias de Niassa, Cabo Delgado e Nampula está previsto céu pouco nublado, localmente muito nublado. Ocorrência de chuvas fracas, localmente moderadas e acompanhadas por vezes de trovoadas. Vento de nordeste a sueste, fraco a moderado. Nas províncias de Tete, Zambézia, Manica e Sofala céu pouco nublado, localmente muito nublado. Ocorrência de chuvas fracas a moderadas no extremo norte da província de Tete e terras altas da província de Manica e Zambézia. Vento de sueste a nordeste, fraco a moderado, por vezes soprando com rajadas. Eis as temperaturas previstas: Cidade Tempo Máx ºC Mín ºC Maputo 27 25 Xai-Xai 29 26 Inhambane 32 26 Vilankulo 31 25 Beira 33 26 Chimoio 33 21 Tete 38 26 Quelimane 35 26 Nampula 33 24 Pemba 33 25 Lichinga 26 18

  • verdade.co.mz
  • 2 days ago

Um tiroteio ocorrido nesta sexta-feira perto da Avenida Europa, nos arredores da estação central ferroviária em Zurique, a capital da Suíça, deixou dois mortos, informou a polícia da cidade. O incidente, qualificado pela polícia em um comunicado como "crime violento", aconteceu no bairro 4 de Zurique às 14h30 locais na rua Lager. A polícia recebeu uma denúncia por volta desse horário de um cidadão que tinha ouvido disparos nessa rua da capital suíça. As forças de segurança locais compareceram ao local com um grande dispositivo e isolaram a área. Os agentes e funcionários dos serviços de emergência encontraram uma pessoa que já estava morta e outra gravemente ferida, mas que não resistiu e também morreu pouco depois. O jornal "Blick" mostra em sua capa uma fotografia na qual é possível ver essas duas pessoas sem vida no chão em frente a uma agência do banco UBS. Testemunhas relataram ao jornal alemão que ouviram entre cinco e seis disparos e que as vítimas seriam um homem e uma mulher, por isso poderia se tratar de um caso de violência sexual. Segundo os depoimentos, o homem teria disparado primeiro contra a mulher e depois se suicidado com a mesma arma de fogo. Outra testemunha disse ao jornal que o casal estava sentado em uma cafeteria quando começaram a discutir. Em seguida, os dois foram para a rua e o homem assassinou a mulher e atirou contra si mesmo. Os moradores do bairro informaram que presenciaram momentos de agitação e gritos antes do crime. Membros da polícia local e regional, assim como da promotoria que investigam crimes violentos se encontram no local.

  • verdade.co.mz
  • 2 days ago

Pelo menos 20 pessoas morreram e outras 25 ficaram feridas em um duplo atentado com bomba cometido nesta sexta-feira pelo grupo Al Shabab às portas do palácio presidencial em Mogadíscio e nos arredores da sede dos serviços de inteligência, informaram fontes médicas. "Os ataques deixaram uma multidão de mortos. Contamos até agora 20 mortos e vários feridos, mas pode ser que aumente", disse à Agência Efe Mohammed Absir, um dos paramédicos que está trabalhando no local. Um carro-bomba explodiu na porta principal do palácio presidencial em Mogadíscio, e outro carro com membros do grupo jihadista Al Shabaab tentou entrar no recinto, segundo confirmou o oficial de inteligência Ali Shariif. As forças de segurança do palácio evitaram que esse veículo entrasse, mataram um dos invasores e capturaram outro, de acordo com as informações preliminares. As ambulâncias e os serviços de resgate seguem trabalhando para socorrer às vítimas. Ao mesmo tempo, outra explosão aconteceu no acesso à sede da Agência de Inteligência e Segurança somali (NISA), com a intenção de impedir que as forças governamentais chegassem ao palácio presidencial. A Somália, que sofre atentados frequentes de Al Shabab, viveu em outubro do ano passado o pior da sua história: um ataque com camiões-bomba que provocou, no total, 512 mortes. Segundo analistas locais, os problemas internos do governo e seu distanciamento com a cúpula do exército permitiram aos jihadistas recuperar sua capacidade de atentar em grande escala. A organização terrorista, que filiou-se em 2012 à rede internacional da Al Qaeda, controla parte do território no centro e no sul do país e pretende instaurar na Somália um estado islâmico de carácter radical.

  • verdade.co.mz
  • 2 days ago

Moçambique iniciou a caminhada para o Campeonato do Mundo de Basquetebol em seniores masculinos vencendo, esta sexta-feira (23) em Maputo, a Costa do Marfim por  66 a 53 pontos. A nossa selecção entrou para a quadra do pavilhão do Maxaquene confiante, marcou primeiro e abriu uma vantagem de 11 pontos antes dos marfinenses marcarem os seus primeiros pontos. Os moçambicanos tentaram alargar o placar mas os adversários deram replica e reduziram a desvantagem para apenas 1 ponto no fim do 1º período. A Costa do Marfim fez a cambalhota, no marcador no início do 2º período, mas Moçambique voltou ao comando e abriu nova vantagem. Os adversários replicaram e empataram o jogo e passaram para a liderança, 30 a 33 ao intervalo. Inaki Garcia deve ter dado um puxão de orelhas aos seus pupilos que voltaram para a quadra com outra garra. Comandados por Pio Matos e Ismael Nurmamad a nossa selecção voltou para frente do marcador e venceu o 3º período, 50 a 37 pontos. A Costa do Marfim mostrou a sua classe e voltou a reduzir a desvantagem, mas a nossa selecção geriu bem a vantagem e garantiu os primeiros pontos nesta primeira etapa da 1ª fase das eliminatórias africanas de qualificação para o Campeonato Mundial que vai decorrer em 2019 na China. Este sábado, a partir das 17h30, a nossa selecção volta a quadra defrontando a República Centro Africana, que na véspera impôs respeito ao Senegal mas perdeu por 70 a 65 pontos.

  • verdade.co.mz
  • 2 days ago

O Instituto Nacional de Meteorologia prevê o seguinte estado do tempo para este sábado (24) em Moçambique: nas províncias de Niassa, Cabo Delgado e Nampula céu geralmente muito nublado. Aguaceiros ou chuvas fracas, localmente moderadas, acompanhadas por vezes de trovoadas. Vento de nordeste a noroeste, fraco a moderado. Para as províncias de Tete, Zambézia, Manica e Sofala céu nublado, com períodos muito nublado principalmente nas províncias de Tete e Zambézia. Aguaceiros ou chuvas fracas, podendo ser moderadas no extremo norte de Tete e na província da Zambézia, acompanhadas de trovoadas. Vento de sueste a nordeste, fraco a moderado. Nas províncias de Inhambane, Gaza e Maputo tempo quente e húmido com céu geralmente nublado em Maputo, com períodos pouco nublado em Gaza e Inhambane. Possibilidade de chuviscos ou chuvas fracas locais durante o dia. Vento de sueste a nordeste, fraco a moderado, soprando por vezes com rajadas na zona costeira de Maputo. Eis as temperaturas previstas: Cidade Tempo Máx ºC Mín ºC Maputo 35 23 Xai-Xai 33 24 Inhambane 32 23 Vilankulo 31 22 Beira 32 24 Chimoio 29 19 Tete 37 25 Quelimane 33 24 Nampula 33 24 Pemba 32 24 Lichinga 26 17

  • verdade.co.mz
  • 2 days ago

A Depositphotos lançou a sua Previsão de Tendências Visuais para 2018. O mercado global da fotografia global analisou os dados de pesquisa no âmbito da sua biblioteca de mais de 70 milhões de arquivos, acompanhou as comunicações das grandes marcas mundiais e colaborou com os seus melhores fotógrafos, identificando as principais tendências que vão moldar a comunicação visual em 2018. A omnipresença dos smartphones com câmaras potentes, live streaming e outros avanços tecnológicos estão a abrir caminho para uma nova estética mais aberta, honesta e com a qual nos identificamos. Ao longo do próximo ano, vamos assistir a um crescimento ainda maior das seguintes tendências: • Fotografia de impacto a combater notícias falsas. • Pessoas reais e uma nova abordagem na seleção de modelos. • O atual estilo de vida nómada refletido na fotografia de viagem. • A fotografia «deadpan» como uma forma de arte moderna alternativa. • O vídeo como ferramenta de comunicação • O movimento como nova norma para gráficos. Confira Crello. • A realidade aumentada e os mais recentes avanços tecnológicos integrados na vida diária. • Colagens criativas. • Escolhas ousadas de cores e efeitos. • Fotografia inclusiva. A Depositphotos prevê uma mudança contínua para uma estética menos filtrada e uma abordagem mais personalizada na fotografia de stock. No início deste ano, a empresa apresentou a sua colaboração criativa «Reinventar a Fotografia de Stock», onde fotógrafos/artistas talentosos de diferentes géneros apresentaram a sua própria perspetiva sobre os temas mais comuns da imagética de stock. «Embora as tendências visuais possam parecer algo que em apenas os fotógrafos e designers se interessam, trata-se de um tema mais abrangente relacionado com tecnologia, negócios, comunicação social e indústria publicitária», referiu Vadim Nekhai, a Diretora de Marketing da Depositphotos. «Os conteúdos visuais moldam a forma como nos apresentamos, as marcas e as empresas. Influenciam a nossa comunicação e mudam constantemente com o desenvolvimento de novas tecnologias. Na Depositphotos, acompanhamos, analisamos e antecipamos constantemente as tendências visuais e as tecnologias emergentes para ajudar os/as nossos/as clientes a responder às mudanças da indústria de maneira eficaz.» Sobre a Depositphotos A Depositphotos é uma plataforma comercial que junta autores de fotografias, gráficos, vetores e vídeos de stock licenciados de alta qualidade com compradores que os valorizam. Líder mundial no mercado dos conteúdos visuais, oferece mais de 70 milhões de fotografias e ilustrações de stock (incluindo uma ampla seleção de arquivos vetoriais e conteúdos de vídeo). A Depositphotos serve mais de 3 milhões de clientes em 192 países. A empresa oferece também uma ferramenta de design gráfico gratuito, a Crello, que permite a qualquer pessoa criar designs gráficos estáticos e animados. A Depositphotos está sediada em Nova Iorque e tem escritórios em Londres, Milão, Berlim, Kiev, Moscovo e Varsóvia. Para mais informações, visite depositphotos.com.

  • verdade.co.mz
  • 3 days ago

Com a medalha de bronze conquistada nesta quarta-feira juntamente com a sua compatriota Maiken C. Falla no esqui cross-country de velocidade por equipes, a norueguesa Marit Bjoergen passa a ser a desportista mais premiada na história dos Jogos Olímpicos de Inverno, com um total de 14 medalhas. A lendária atleta de Trondheim, de 37 anos, tinha igualado em 17 de fevereiro as treze medalhas olímpicas de seu compatriota Ole Einar Bjoerndalen, "o rei do biatlo". Porém, nesta quarta-feira, Bjoergen deixou para trás seu companheiro ao estabelecer um novo recorde de medalhas conquistadas. A valente Marit Bjoergen diminuiu o protagonismo das americanas Kikkan Randall e Jessica Diggin e das suecas Charlotte Kalla e Stina Nilsson, que foram primeiras e segundas, respectivamente. Com a sua terceira posição, Marit Bjoergen conquistou um lugar único na história dos Jogos Olímpicos de Inverno. Em PyeongChang, a atleta já somou quatro medalhas. A rainha do esqui cross-country, campeã do mundo em 18 ocasiões, começou a escrever sua brilhante história muito antes, em Salt Lake City (Estados Unidos) em 2002, quando conquistou uma prata. Quatro anos mais tarde, em Turim (Itália), também conquistou uma prata. Em Vancouver (2010), brilhou com três ouros, uma prata e um bronze, enquanto em Sochi (2014) conquistou três ouros.

  • verdade.co.mz
  • 3 days ago

Pelo menos 46 pessoas morreram e dezenas ficaram feridas nesta quinta-feira em decorrência de bombardeamentos e disparos de artilharia contra a região síria de Ghouta Oriental, o principal bastião opositor dos arredores de Damasco, onde a situação da população civil é desesperadora. O Observatório Sírio de Direitos Humanos acusou às aviações da Síria e da Rússia, assim como à artilharia das forças governamentais, destes ataques e detalhou que entre os mortos há pelo menos sete menores e sete mulheres. A maior parte das vítimas mortais foi causada por bombardeamentos nas cidades de Al Iftiris, Duma e Arbin. Também houve ataques aéreos em Mesraba, Hamuriya, Otaya, Saqba, Yisrinn e Al Hush, onde alguns dos bombardeamentos foram efetuados por helicópteros que lançaram barris de explosivos. A artilharia governamental atingiu, por sua parte, áreas de Ghouta Oriental como Hamuriya, Otaya, Al Nashabie e Hazrama, entre outras. Desde domingo, a região sofre uma escalada da violência que deixou 403 mortos, entre eles 95 menores e 61 mulheres, e 2.116 feridos, de acordo com a apuração do Observatório.

  • verdade.co.mz
  • 3 days ago

Após a legalização, pelo partido Frelimo, dos empréstimos contraídos ilegalmente pelas estatais Proindicus e MAM a Dívida Pública de Moçambique ultrapassou todos os limites de sustentabilidade estabelecidos pelo Banco Mundial e outras Instituições Financeiras Internacionais. O rácio do Stock da Dívida versus o Produto Interno Bruto (PIB) situou-se em 101,8 por cento, no exercício de 2016. Na sequência da legalização pela Assembleia da República em Abril passado, graças aos votos dos 135 deputados do partido Frelimo, dos empréstimos que as empresas estatais Proindicus e da Mozambique Asset Management(MAM) contraíram violando a Constituição da República e as leis orçamentais os 1,1 bilião de dólares norte-americanos foram adicionados a Dívida Pública Externa do Estado moçambicano, incluindo-as na Conta Geral do Estado (CGE) de 2016. O @Verdade apurou, no Relatório do Tribunal Administrativo (TA) sobre essa CGE, que a Dívida Pública Total ascendeu a 9,8 biliões de dólares norte-americanos com a Dívida Externa a cifrar-se em 8,6 biliões de dólares. O TA, que explica no seu Relatório que “a sustentabilidade da dívida é a capacidade de honrar as obrigações relativas ao serviço da dívida, sem prejuízo dos objectivos de desenvolvimento económico e social de um País” e precisa que essa sustentabilidade “baseia-se num conjunto de dados macroeconómicos, nomeadamente, a dívida pública, serviço da dívida, PIB, receitas correntes e nível de exportações”, constatou que entre 2015 e 2016 o indicador da Dívida Externa versus PIB mais do que duplicou de 31,9 por cento para 71,6 por cento. Também disparou o indicador da Dívida Externa versus as Exportações, de 112,1 por cento passou para 216,5 por cento e assim como o indicador da Dívida Externa versus as Receitas Corrente passou de 124,8 por cento para 298,6 por cento. Rácio Stock da Dívida/PIB situou-se em 101,8 por cento O Tribunal que fiscaliza as contas dos Estado concluiu que estes três indicadores ultrapassaram os limites de sustentabilidade estabelecidos pelo Banco Mundial, pelo Fundo Monetário Internacional assim como por outras Instituições Financeiras Internacionais na avaliação da Sustentabilidade da Dívida do Estado Moçambicano. O rácio do limite da capacidade de reembolso pela Economia é de 40 por cento no entanto Moçambique atingiu 71,6 por cento. O limite do rácio da liquidez, que é em quanto as Receitas de Exportação cobrem o Serviço da Dívida, está estabelecido em 150 por cento mas a do nosso país está em 216,5 por cento. A capacidade do Governo de financiar o Serviço da Dívida através de recursos próprios está estabelecida em 250 por cento mas o partido Frelimo elevou-a para 298,6 por cento. “(...) No exercício de 2016, o rácio Stock da Dívida/PIB, situou-se em 101,8%. A relação Serviço da Dívida/PIB também atingiu a percentagem mais alta, no mesmo período, 20,1%, em 2016”, revela o Tribunal Administrativo que recomenda ao Executivo de Filipe Nyusi “que sejam observados os limites dos indicadores de sustentabilidade da dívida, na contratação de créditos”.